nos conhecemos no meio da crise
tiramos selfies em dois ou três protestos
riscamos nossos nomes dentro de um coração
numa árvore que foi partida dias depois
cantamos juntos sobre como nos conhecemos
na crise
e a crise continua, nós
nós dividíamos um assento no ônibus, os dois
quando tinha dois, dividi
meu ombro
subimos ao topo da montanha mais de uma vez, juntos
subi outras cinco, você
não sei
vimos teatro, fizemos
você sabia atuar, eu admiro
no cinema, esquecemos de levar
casacos, mas tínhamos
pele
e com os filmes, choramos
você sabia chorar como ninguém, eu admito
nós repartíamos a comida que não tínhamos
inventávamos salmões de sardinha e
ríamos
você continua rindo, eu adivinho
conhecemos nossas mães
a minha ainda gosta de você, a sua
as suas fotos continuam no meu note
na real, eu não voltei a ligar o pc
só sei que estão
e isso deve significar alguma coisa
ou não.